12×18 | The Memory Remains

Deixe o seu voto

     12×18 – A Memória Permanece

Sinopse: 

Sam e Dean investigam o caso de uma pessoa desaparecida em uma pequena cidade. A testemunha principal informa que o agressor era um homem com a cabeça de uma cabra. Os irmãos não têm certeza do que acreditar, mas quando a testemunha desaparece, eles percebem que a cidade está escondendo um segredo sombrio.
Exibição nos EUA: 13 de abril de 2017
Exibição nos Brasil: 25 de abril de 2017

NOTA:

RT:  (4)

Dirigido por: Phil Sgriccia
Escrito por: John Bring

 

:MOTW

 

canonesymbol

OBSERVAÇÕES SOBRE O EPISÓDIO

MEDIDOR DE PERIGO DE CADA TEMPORADA

Vamos chamar este tópico de danger situation. Qual era o foco de cada temporada.

1ª – John Wincheter desapareceu, os irmãos unem-se para descobrir se afinal seu pai está vivo ou morto.

2ª – Com a morte de John os irmãos vão atrás de vingança do demônio de olho-amarelo.

3ª – Dean fez um pacto com o demônio e ambos tem que descobrir um meio e salvá-lo.

4ª – Sam começa a ir pro lado “obscuro” da força e Dean tem que salvar o mundo (claro) e seu irmão.

5ª – Sam está preso na jaula com Lúcifer e Dean tem que resgatá-lo.

6ª – Sam está de volta, mas a sua alma ainda está no purgatório com Lúcifer, vamos ao resgate.

7ª – Castiel tem que ser resgatado de seu problema com os Leviatãs

8ª – Dean tem que fugir do purgatório e Sam acaba gravemente ferido no final.

9ª – Sam em coma no começo e Dean morto no final da temporada, a primeira lâmina, duas ameaças na mesma temporada.

10ª – A marca de Cain a grande vilã da temporada, ameaçando a integridade mental de Dean.

11ª –  A Escuridão ainda domina os sentimentos de Dean e há sempre um conflito do irmão em fazer o certo e o que sente.

12ª – Os HDsL são uma ameaça? Lúcifer está preso. Mary é uma chata. O bebê está tão fora de cena quanto a mãe. Castiel sumiu. Só agora no capítulo 17 que os irmãos estão oficialmente sob algum tipo de ameaça (leve), pois até agora os Brits que pareciam tão ameaçadores como foi apresentado nos dois sensacionais capítulos da S12, Lady Toni Bevell era aterrorizante e de repente. Girls power off.

 

Em uma conversa com amigos hunters em uma lanchonete temática anos 50 regada a muito milk shake de morango e hambúrgueres, é claro que falar sobre SPN é algo natural.

E como sempre uma acalorada conversa cheia de opiniões contrárias. E é isso que enriquece e faz com que acompanhar esta série é bastante interessante.

Há quem está amando, e quem está odiando esta temporada.

No meu caso que acompanho séries a muito tempo percebo que sempre o gráfico da qualidade das séries varia bastante mas SEMPRE existe uma certa tendência natural de subida e súbita queda. E a explicação é simples. Vou tentar resumir. Geralmente a primeira temporada para fixar-se perante o público e garantir a presença na grade de programação necessita que o público se identifique com os personagens e queria seguir adiante com ele em mais temporadas. Isso foi facinho de entender da S1. Que além do mais tinha muito mais terror do que vemos hoje.

Nas temporadas seguintes as ameaças foram crescendo em proporção as temporadas, chegando na S10 os heróis terem que enfrentar até a própria Escuridão e até mesmo anteriormente matar a própria morte, ou O MORTE.

O que de uma forma sábia eles pensaram, temos que voltar a série para uma jornada pessoal como fizemos lá no começo, na S1. Mas é justamente aí que creio está o grande problema, por mais que eles queiram colocar os Wincheters de novo nos trilhos da S1 fica complicado pois os irmãos são experientes o suficiente para não ter uma caçada que realmente os desafie. Creio que é por isso que as atitudes da Mary está na contra mão do que eles fizeram até agora. Até mesmo os temidos HDsL não parecem tão ameaçadores assim. Até mesmo Lúcifer não é tão ameaçador assim. Aliás, nenhum personagem (pelo menos pelo que percebi), parece tão ameaçador a eles.

Além do fato que a urgência em resolver alguns ganchos deixados para trás incomodar bastante.

Não digo que deixarei de assistir a série por isso, mas espero de fato que o final justifique os meios e que a S13 seja tão desafiadora e ANGST como esta temporada não está sendo. Isso por que nem falei da Mary.

Essa cena me soou meio como despedida.

Posts relacionados

Leave a Comment