12×21 | There’s Something About Mary

Deixe o seu voto

     12×21 – Há Algo Sobre Mary

Sinopse: 

Sam e Dean ficam alarmados quando descobrem que caçadores estão sendo mortos em suspeitos “acidentes” em todo o país. Eles decidem que é melhor encontrar Mary e ter certeza que ela está segura. Enquanto isso, Toni está de volta à América, e ela e Mary se enfrentam.
Exibição EUA: 11 de maio de 2017

Exibição Brasil: 23 de maio de 2017

NOTA:

RT:  (3)

 

Direção: PJ Pesce
Roteiro: Brad Buckner & Eugenie Ross-Leming

Personagens:
Mary Winchester

musicapopban2

OBSERVAÇÕES SOBRE O EPISÓDIO

Esse episódio é bastante difícil de escrever um review. De um lado sofremos pelos personagens queridos que estão confusos pela  atitude da Mary. Do outro lado ainda aquela “revolta” em saber que o que ela fez foi um ato totalmente infantil, para não dizer primário.

E por outro lado as pistas fáceis de seguir (pelo menos se não existe nenhum plot twist no meio do caminho) que fica fácil decifrar. Vamos a alguns pontos sobre esse episódio.

  • A conversa de Mary com a Lady Bevell e a “revelação” sobre Azazel. Será que essa tal explicação sobre a atitude da Mary será explicada somente agora aos 48 do segundo tempo vai ajudar com a popularidade da personagem?
  • Falando na bruxa aguada, o que foi aquela cena no bunker? Tudo bem que alguns amaram (e até que foi legal), mas  Ketch trancá-los com a maluca, aparentemente só para ela revelar aos Winchester que fizeram lobotomia na Mary ficou facinho demais.
  • Crowley e o ratinho – todos notaram que seria impossível Lúcifer não perceber que Fergus já tinha caído fora quando supostamente foi morto pelo anjo maluquete. Não teve nenhum brilho ou algo que denunciasse a sua “morte”, já sabemos que ele volta.

SPOILER

  • Agora a polêmia (não é somente minha opinião esta parte). A morte de Eillen. A galera estava gostando bastante dela, e o Sam também. Li vários artigos de pessoas reclamando que SPN chegou no limite de ter mulheres mortas somente com a intenção de causar tristeza aos Winchesters, começando é claro pela Mary, Jessica, Cassie (essa se salvou), Sarah (que morte triste dessa também, linda bonequinha), Madison (essa foi de chorar),  Ellen, Jo, Lisa (não morreu, mas esqueceu o Dean), Ruby (de uma certa maneira),  a Bela entra na lista? Acho que não, mas morreu também, Charlie (essa foi de doer na alma), Amelia (essa foi odiada até a morte), e de certo modo até a Amara que virou fumacinha. E a única que voltou foi a Mary e deu no que deu.
  • Quem se salvou. Claire, Rowena, Jody e  Donna, e elas não são necessariamente um interesse amoroso para nenhum deles. – Esqueci alguém? Haja tratamento psicológico depois disso.

A quem defenda que a série não foi feita para romances, e até certo ponto concordo que tornar Supernatural em uma série açucarada não iria dar certo. Mas convenhamos, será que não conseguem criar uma personagem feminina interessante o suficiente para ser uma hunter, bacana e que agrade ao fandom? Não queremos algo como Oliver e Felicity, mas bem que precisam de um “cobertor de orelha” de vez em quando.

 

Posts relacionados

1 thought on “12×21 | There’s Something About Mary”

  1. Ana Paula Nunes

    Super concordo.. Não tem uma hunter top, bacana, e o Dean sempre tinha uns lancinhos, mesmo que agora estejam com outras prioridades é como vc disse, todos precisam de um cobertor de orelha as vezes.. e todos os caçadores tem seus lances (sei q eles não são todos), massss seria legal ver um certo romance (não precisa focar só no romance, mas da uma alegria pra eles seria bem agradavel de se ver) poxa os poucos “relacionamentos” que os dois tiveram( se podemos chamar de relacionamento) foram bem bacanas, a Lisa é um exemplo forte disso, e acho que ta chegando a hora deles sentirem falta, tipo a idade vai chegando pra eles também..

Leave a Comment